PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Atriz da Globo é alvo de ataques racistas e faz desabafo na internet

Erika Januza fez publicação com desabafo e prints dos ataques racistas

13:55 | 30/10/2018
NULL (Foto: )
NULL (Foto: )
A atriz Erika Januza, de 33 anos, desabafou em vídeo e texto com seguidores do Instagram após ter sido vítima de ataques racistas na internet. “Não falo disso o tempo todo, pois acho que o respeito é o mínimo que devemos aos nossos semelhantes”, começou em publicação na rede social na noite dessa segunda-feira, 29. 

[VIDEO1] No vídeo, a atriz agradece às mensagens de apoio dos fãs em resposta aos ataques sofridos. “Eu ainda tenho esse espaço para falar, mas tem muita gente que passa por tanta situação e às vezes não tem como se defender, é muito triste”, lamenta. “O problema está com quem faz e não comigo que sou negra. Eu amo ser negra. Na outra vida, quero nascer negra de novo. E esse tipo de ataque me faz mais forte”. 

[FOTO1] [FOTO2]
 
Na publicação, a global expõe prints das publicações racistas. Endereçada @amandasouza25_, a conta, agora deletada, fez publicações incitando o ódio a discriminação à modelo. “Eu odeio a Erika Januza, quem concorda curte e comenta”, escreveu em publicação com foto da atriz. “Adorei que o Bolsonaro ganhou, assim ele manda matar esses negros fedidos, e a Erika Januza vai junto, odeio esta mulher”, disse em outra.  
 
Após desabafo, seguidores enviaram mensagens de apoio à vítima. “Meu coração sofre com esse tipo de ataque preconceituoso e ofensivo, sou negra com orgulho e te admiro muito @erikajanuza, pois além de excelente profissional, me representa como mulher negra e forte”, escreveu uma. “Você não está sozinha minha querida, somos resistência desde sempre. E apesar disso, às vezes, nos cansar, permanecemos lutando. Força garota”, incentivou outra. 

Cada dia que acontecer alguma coisa desse tipo com você, não se rebaixe, não se iguale a essa pessoa. Seja mais Forte. Use isso para te levar adiante, para lutar para proteger outros, para que chegue o momento que a gente não passe mais por isso. A cor da minha pele nao tem que ser motivo pra eu passar por nenhum tipo de ofensa”.
 
Redação O POVO Online 
TAGS