PUBLICIDADE
Notícias

Internada por quatro meses, professora de creche incendiada é transferida de hospital

A tragédia deixou 14 mortos. Marley Simone é a última sobrevivente que ainda está no hospital

16:16 | 16/02/2018
Marley Simone Lima Antunes, 43, estava em um hospital de Minas Gerais desde outubro de 2017, quando um vigia ateou fogo contra crianças e funcionários da creche em que trabalhava. A mulher teve ferimentos gravíssimos e foi levada para Belo Horizonte para se tratar. Nesta sexta-feira, 16, ela foi transferida para a cidade de Janaúba, local em que o crime aconteceu e onde mora. 

A professora é a última paciente da tragédia que ainda está internada. Em dezembro, duas outras vítimas receberam alta. Na ocasião do crime, 10 crianças e três professora morreram. O vigia, Damião Soares dos Santos, também morreu no local. 

O estado de saúde da professora é estável, segundo informações do portal G1. O marido e os dois filhos de Marley estavam acompanhando ela em Belo Horizonte, e já voltaram para Janaúba.
 
Redação O POVO Online 
TAGS