PUBLICIDADE
Notícias

PM ocupa sede do Governo do RN e pede intervenção federal

O profissional também afirmou que está disposto a fazer greve de fome até que a situação da PM do Estado seja resolvida

20:30 | 05/01/2018

Na manhã desta sexta-feira, 5, um cabo da Polícia Militar (PM), identificado apenas como Gonçalves, invadiu a Governadoria do Rio Grande do Norte e afirmou que permaneceria no local até o Estado intervir na atual situação da PM e os salários serem pagos. No momento em que chegou no local, o policial entregou a arma para colegas da PM. Ele deixou o local após aproximadamente 2 horas. A informação é da Tribuna do Norte.

Em um áudios gravados pelo profissional no WhatsApp, ele diz não admite mais que companheiros de profissão morram em decorrência das "injustiças desse sistema, desse Governo e dessas autoridades que fazem vista grossa para a situação", afirmou o cabo no áudio.

Ele ainda teria externado a disposição de entrar em greve de fome para chamar a atenção da população para o problema pelo qual a polícia do Rio Grande do Norte está passando.

De acordo com o que foi apurado pela Tribuna do Norte, após a primeira hora de ocupação ter passado, mais dois policiais tentaram se juntar a Gonçalves, mas outros policiais não permitiram a entrada.

Uma advogada de associação que representa os PMs falou com o cabo, que assegurou que só sairia da Governadoria quando os salários forem pagos.

 

Redação O POVO Online

TAGS