PUBLICIDADE
Notícias

Filho de grávida baleada na cabeça em tentativa de assalto agora respira sem ajuda de aparelhos

Antônio Esdras nasceu prematuro de oito meses e se encontrava na UTI neonatal desde o último dia 13

13:42 | 23/01/2018
NULL
NULL

[FOTO1]O filho de Michelle Ramos da Silva Nascimento, de 33 anos, que havia sido baleada na cabeça durante tentativa de assalto em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, agora respira sem ajuda de aparelhos. O bebê nasceu de parto prematuro depois do crime, no último dia 13, e se encontrava em estado grave. A mãe, que se submeteu a uma cirurgia para descompressão craniana, estava estável desde a última sexta-feira, 19.

A criança foi registrada com o nome de Antônio Esdras Ramos Nascimento Silva de Araújo. Mãe e filho se conheceram apenas no último domingo, 21, quando ela foi liberada da UTI no Hospital Mario Lioni, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Antônio e Michelle ainda estão internados na unidade.

Michelle foi baleada no último dia 13. Ela e seu marido, o corretor de imóveis Wallissom Silva de Araújo, estavam em um carro, quando foram abordados por homens armados. A grávida foi levada para a UPA Bom Pastor, e, em seguida, para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, também na Baixada.

 

Redação O POVO Online

TAGS