PUBLICIDADE
Notícias

Duas pessoas morrem por reação à vacina contra febre amarela

Outras três mortes estão em investigação para confirmar ou descartar se tiveram a vacina como causa

14:32 | 19/01/2018

Duas pessoas morreram na cidade de São Paulo devido a reação da vacina contra a febre amarela. A confirmação partiu da Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo. Outras três mortes devido à vacina estão em investigação. Embora não haja registro de casos no Ceará há 15 anos, tem havido corrida por vacinação no Estado.


Uma das mortes por reação à vacina foi de uma idosa de 76 anos. Ela morreu oito dias após ser vacinada. A outra vítima não teve identidade relevada.

Nas duas mortes confirmadas, a reação teria ocorrido por alguma deficiência imunológica não identificada na triagem.

Reações previstas à vacina são dores no corpo, dores de cabeça e febre. Elas podem afetar até 5% dos vacinados e devem durar até dez dias.

 

Redação O POVO Online
 

TAGS