PUBLICIDADE
Notícias

UFRGS nega inscrição a 239 alunos por suspeita de fraude em cotas

22:16 | 08/12/2017
NULL
NULL

[FOTO1] 

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) informou nesta sexta-feira, 8, que negou as inscrições de 239 alunos durante a apuração de denúncias de fraude no uso de cotas raciais no vestibular. Se não tiverem recurso acolhido, eles serão desligados da universidade.

Conforme a instituição, foram investigados 359 alunos. Destes, 25 não estavam mais estudando na instituição, e outras 35 tiveram a declaração aceita, o equivalente a 13% dos que compareceram, e 10% dos notificados.

A decisão é tomada por uma comissão especial, que analisa se o candidato é visto socialmente como pertencente ao grupo racial negro, com base no fenótipo. Além da cor da pele, são consideradas outras características, como tipo do cabelo, formato do nariz e dos lábios.

Os resultados foram informados entre os dias 4 e 6 deste mês, e quem teve a inscrição indeferida têm 10 dias para recorrer. O resultado final será divulgado no dia 9 de janeiro de 2018.

Redação O POVO Online

TAGS