PUBLICIDADE
Notícias

Governo federal reduz autonomia de universidades para gasto com obras

Orçamento previsto para investimento nas instituições em 2018 é de cerca de R$ 800 milhões

11:18 | 19/12/2017
A partir de 2018, apenas metade da verba para investimento em obras será disponibilizada para universidades do País. A decisão é do Ministério da Educação (MEC), que diminuiu a autonomia em relação aos custos de obras de 63 universidades federais. As informações são do Estadão.

O restante do orçamento aprovado para 2018 ficará sob tutela do MEC, que decidirá, a cado caso, onde o dinheiro será usado. O orçamento previsto para investimento nas instituições em 2018 é de cerca de R$ 800 milhões. 

"Esse recurso (de investimento sob gestão do MEC) é para as universidades e só o que muda é o gerenciamento. Elas continuam tendo autonomia", disse o diretor de desenvolvimento da rede de universidades federais do MEC, Mauro Rabelo.

Ainda conforme o Estadão, das 750 obras registradas, pelo menos 150 pararam. O ministro da Educação, Mendonça Filho, afirmou que a ideia é que 70% do recurso fique nas mãos do MEC e apenas 30% com as instituições.

Um relatório da Controladoria-Geral da União (CGU) apontou, em outubro último, a possibilidade de um contrato de obras na Universidade Federal do ABC (UFABC) de R$ 384,7 mil esteja superfaturado. As irregularidades seriam na compra dos materiais.


Redação O POVO Online
TAGS