PUBLICIDADE
Notícias

Filósofa Judith Butler é agredida em aeroporto de São Paulo

Conforme a polícia, mulher levou tava ao defendê-la

18:59 | 10/11/2017
NULL
NULL

[FOTO1]

A filósofa estadunidense Judith Butler foi alvo de agressões verbais no aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo. Conforme a Polícia Civil, uma mulher que saiu em defesa da intelectual levou um tapa. A informação é do G1.

Conforme a titular da Delegacia de Atendimento ao Turista do Aeroporto de Congonhas (Deatur), Fernanda Harbella, Judith embarcava no aeroporto ao lado de sua companheira no momento em que foi perseguida por uma mulher que portava uma placa com os dizeres "Fora Judith", e dirigia xingamentos contra a filósofa.

Algumas pessoas que passavam pelo terminal saíram em defesa de Judith. Uma mulher levou um tapa e outra foi xingada. A agressora e as duas vítimas foram levadas para a delegacia e o caso foi registrado como injúria.

A delegada afirma que no momento da agressão física, a filósofa já tinha embarcado. As vítimas também eram passageiras e não quiseram prestar depoimento por conta do horário do voo. Elas têm o prazo de seis meses para dar prosseguimento do caso.

Grupos favoráveis e contrários a palestra da estadunidense em um um seminário da Universidade de São Paulo (USP) protestaram ao mesmo tempo em frente ao Sesc Pompeia, na Zona Oeste de São Paulo. O caso aconteceu no último dia 7.

 

Redação O POVO Online

TAGS