PUBLICIDADE
Notícias

Professora de aldeia indígena leva prêmio de educadora do ano

Elisângela explicou que, embora seu projeto tenha sido feito para falantes de Paiter Suruí, ele pode ser levado para outras comunidades indígenas e quilombolas pelo Brasil

15:25 | 31/10/2017
NULL
NULL

[FOTO1]

Uma professora formada em pedagogia a distância, que trabalha em uma escola rural indígena no interior de Rondônia, foi eleita a Educadora do Ano por seu projeto de alfabetização na língua indígena Paiter Suruí em Cacoal. Elisângela Dell-Armelina Suruí, de 38 anos, dá aulas na Escola Indígena Estadual de Ensino Fundamental e Médio Sertanista Francisco Meireles. A premiação aconteceu nessa segunda-feira, 30. A informação é do G1.

Nomeado "Mamug Koe Ixo Tig", que significa "A fala e a escrita da criança" o projeto de Elisângela elaborou, entre outras coisas, um material didático próprio em Paiter Suruí para os 15 alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, que estudam todos na mesma sala multisseriada.

O projeto surgiu quando a professora viu que era necessário a criação de um material didático próprio. Ela explica que na sala tem livros em língua portuguesa e um alfabeto e palavras soltas na língua materna. "Então as crianças precisavam de um material de apoio".

A atitude de Elisângela serviu para além da alfabetização dos 15 estudantes em sua língua materna. Uma das moradoras da aldeia, em depoimento registrado por vídeo, afirmou que a língua nunca será esquecida.

Elisângela explicou que, embora seu projeto tenha sido feito para falantes de Paiter Suruí, ele pode ser levado para outras comunidades indígenas e quilombolas pelo Brasil.

O Prêmio Educador Nota 10 bateu recordo e recebeu 5.006 inscrições. Os 50 finalistas receberam uma assinatura de um ano do site Nova Escola Clube. Os dez vencedores ainda tiveram seus nomes divulgados em agosto. Na oportunidade, receberam assinatura e um vale-presente de R$ 15 mil. A escola deles também recebeu um vale-presente no valor de R$ 1 mil.

O prêmio Educador do Ano recebido por Elisângela nesta segunda-feira inclui ainda outro vale-presente no valor de R$ 15 mil. A escola onde o projeto foi inserido leva como prêmio R$ 5 mil em vale-presente.

 

Redação O POVO Online

TAGS