PUBLICIDADE
Notícias

ONG resgata dezenas de animais que viviam em residência sem ver a luz do dia há anos

Os animais viviam em situação crítica de cuidados e higiene

15:01 | 09/10/2017
NULL
NULL

[FOTO1] 

Uma ONG resgatou 17 cães, neste domingo, 8, que estavam presos dentro de uma residência há anos e que nunca tinham chegado a ver luz do sol. Os animais se encontravam em um sítio localizado na zona rural de Jacupiranga, na região do Vale do Ribeira, no interior de São Paulo.

Os animais ficaram abandonados após o tutor adoecer e precisar ser internado. Na semana passada cinco animais já havim sido resgatados da localidade e ambas as ações foram acompanhadas pela Polícia Militar Ambiental (PMA) local.

Desde 2015 a ONG vinha sendo monitorada pela PMA. Na época, viviam cerca de 50 cachorros em situação de abandono e alguns cães já haviam sido resgatados na propriedade.

Segundo a presidente do Grupo de Proteção aos Animais do Vale do Ribeira (GPA), Marcia Colla, o proprietário é um acumulador de animais e após a sua doença, alguna vizinhos passaram a alimentar os cães, mas eles continuavam em situação crítica de cuidados e higiene.

Muitos deles estão doentes e ao menos oito deles vivem dentro de um imóvel fechado e provavelmente nunca tiveram contato com a luz do dia. Por isso, alguns deles são mais ariscos que outros.

"Encontramos cachorros mortos em geladeiras. Depois disso, fizemos a castração da maioria dos animais que ali vivem, mas o dono continuou abrigando tantos outros. É uma situação bastante delicada e degradante", afirmou Marcia Colla. Todos os animais serão resgatados aos poucos e em seguida encaminhados para os abrigos da GPA. 

Redação O POVO Online

TAGS