PUBLICIDADE
Notícias

Juíza determina prisão do pai que deixou filho dentro de cela do presídio com pedófilo

O pai do garoto e o preso são amigos e já haviam dividido cela juntos

19:30 | 06/10/2017
NULL
NULL

[FOTO1] 

O pai que deixou o filho de 11 anos dentro da cela de um condenado por pedofilia, em um presídio do município de Altos, no Piauí, foi preso na tarde dessa quinta-feira, 5.

A prisão preventiva foi decretada pela juíza Andrea Parente Lobão Veras, que também decretou a prisão do detento que estava com o garoto. Ribamar Pereira Lima, 65 anos, já havia sido condenado a 18 anos por dois estupros de vulneráveis.

Após o pedido da juiza, Lima, que estava em regime semiaberto, será encaminhado para o regime fechado. O pedido de prisão foi realizado após a investigação do delegado Jarbas Lopes Araújo Lima, responsável pelo caso.

[SAIBAMAIS]

O pai do menino e o preso eram amigos e por isso Lima costumava dar presentes como biscoitos, alimentos e calçados para as crianças. Ele havia prometido dar um videogame ao irmão de 9 anos do menino, afirmou o garoto durante uma conversa com os psicólogos do juizado de menores.

O pai do menino disse não ter recebido dinheiro em troca de deixar o menino com o preso e contou que os dois ficaram amigos há dois anos quando ele foi condenado há 10 anos por estupro de vunerável e dividiu a cela com Lima. Há seis meses, o pai do menino ficou livre.

A juíza negou a prisão da mãe que afirmou que o menino havia ficado na prisão contra a sua vontade.

Entenda o caso

O menino foi encontrado dentro da cela, debaixo da cama de Ribamar Pereira Lima, 65 anos, no último domingo. A criança havia sido levada pelos pais para uma visita ao preso, no entanto, ele foi deixado com o homem que está preso por estupro de vulnerável. A criança foi encontrada durante uma ronda realizada pelos agentes penitenciários nas celas após eles notarem que um dos visitantes ainda estava dentro do presídio. 

Redação O POVO Online

TAGS