PUBLICIDADE
Notícias

Huck terá que pagar indenização e retirar cerca de casa em Angra

O apresentador, entre outras determinações, terá de arcar com R$ 40 mil por danos morais coletivos por degradação ao meio ambiente

15:25 | 17/10/2017
NULL
NULL

[FOTO1]

Seis anos após ter sido condenado por cercar com boias e redes a faixa costeira ao longo de sua casa de veraneio, o apresentador Luciano Huck terá a sua sentença executada pelo Ministério Público Federal do Rio de Janeiro (MPF-RJ). A residência fica em Ilha das Palmeiras, em Angra dos Reis. As informações são do Uol.

Condenado em 2011, a defesa de Huck argumentou que as boias eram utilizadas para a maricultura. O MPF-RJ, no entanto, entendeu que o autor da ação, o apresentador, se utilizou de um pretexto para validar a apropriação de bem e uso comum do povo.

Huck terá de arcar com R$ 40 mil por danos morais coletivos por degradação ao meio ambiente. Também será calculado o valor da multa referente ao descumprimento da decisão liminar concedida pela Justiça Federal em 2010. Além disso, o MPF pede a retirada da estrutura de boias. 

Depois de uma série de recursos negados, a sentença transitou em julgado em 1º de agosto - quando não se pode mais recorrer. Em decorrência disso, o MPF pede a intimação de Huck para comprovar o cumprimento de determinação judicial.

A reportagem do Uol entrou em contato com a assessoria de comunicação do global, mas não obteve retorno.   

 

Redação O POVO Online

TAGS