PUBLICIDADE
Notícias

Falência da Oi deixaria mais de duas mil cidades brasileiras sem comunicação

Segundo levantamento do governo federal, possível falência da companhia afetaria todo sistema de telecomunicações do País

15:08 | 24/10/2017
NULL
NULL

A crise financeira da Oi pode deixar milhões de clientes sem qualquer tipo de telecomunicação. De acordo com levantamento oficial do governo federal, divulgado pelo jornal O Globo, uma possível falência deixaria 2.051 municípios brasileiros sem internet ou telefone. São cidades onde a Oi não tem concorrentes ou onde a empresa aluga sua infraestrutura.

 

Segundo o levantamento, esse “apagão” das telecomunicações afetaria 46 milhões de linhas de telefone celular, 14 milhões de fixos e 5 milhões de pontos de acesso à internet banda larga em todo o País.

 

A Oi passa por recuperação judicial, processo que prevê interferência da Justiça brasileira em uma empresa a pedido dela mesma, para elaboração de um plano de recuperação. Ela tornou-se a empresa privada com a maior dívida do Brasil, somando R$ 64 bilhões.

 

Em resposta ao O POVO Online, a Oi informou que sua administração está "comprometida em garantir a sustentabilidade da companhia", também destacou aumento dos investimentos da empresa e melhorias nas suas operações. A empresa também comunicou que o atendimento aos seus clientes se mantém inalterado em todos os segmentos do mercado em que atua. 

 

Ceará

Na mesma mensagem, a Oi afirma ter investido mais de R$ 56,9 milhões no Ceará no primeiro semestre de 2017. Presente em todos os municípios cearenses, a Oi possui cerca de 4 milhões de clientes no Estado, contratantes de serviços de telefonia móvel e fixa, banda larga e TV por assinatura.

 

Redação O POVO Online

TAGS