PUBLICIDADE
Notícias

Homem é preso após ejacular em braço de mulher grávida de quatro meses

O acusado foi preso e liberado após a audiência de custódia na manhã desta quarta-feira, 6

17:46 | 06/09/2017

Um homem foi preso, nesta terça-feira, 5, após ser acusado de abusar sexualmente de uma mulher grávida de quatro meses dentro de um ônibus na cidade de Camaragibe, Pernambuco. O acusado teria ejaculado na vítima e a impedido de sair do ônibus.

Ele foi indiciado por estupro, mas foi liberado após audiência de custódia realizada na manhã desta quarta-feira, 6, por decisão da juíza Roberta Barcala, do Fórum de Jaboatão. O acusado tem 23 anos, é vendedor ambulante e vai responder pelo crime de estupro.

O crime aconteceu na noite desta terça-feira, 5, e segundo a Polícia Militar, a mulher tem 27 anos e estava no coletivo quando o homem se aproximou oferecendo um doce, que foi rejeitado. Depois, ele tentou segurar a vítima para que ela não alardeasse o acontecido.

[SAIBAMAIS] 

"Quando ela gritou e pediu ajuda aos vigilantes, ele alegou que estava com uma garrafa de água, dentro da mochila, e acabou molhando a vítima. Ela, no entanto, diz ter sentido um líquido quente e que o suspeito ainda estava com a genitália à mostra, masturbando-se", disse o delegado Ricardo Cysneiros, responsável pela ocorrência. As identidades da vítima e do acusado não foram divulgadas pela PM.

O caso acontece um dia após o ajudante de serviços gerais, Diogo Fernandes de Novais, de 27 anos, 'ser condenado por crime sexual cometido em 2013. O homem ficou conhecido após ser preso duas vezes na mesma semana por ter ejaculado em duas mulheres diferentes dentro de ônibus na capital paulista.

Redação O POVO Online

TAGS