PUBLICIDADE
Notícias

Após prometer doação de R$ 500 mil a Lula, juiz ordena que socialite quite dívida em loja

A herdeira do banco suíço prometeu que dobraria o valor da doação

18:38 | 17/08/2017
NULL
NULL

[FOTO1]

Após afirmar que doaria R$ 500 mil ao ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva após ele ter várias contas bloqueadas pelo juiz Sergio Moro, a Justiça de São Paulo determinou que a socialite Roberta Luchsinger deve primeiro pagar uma dívida no valor de R$ 62 mil.

A decisão foi do juiz Felipe Albertini Nani Viaro, da 26ª Vara Cívil paulista que deferiu o pedido de uma loja de decoração para executar a dívida adquirida pela socialite em uma compra de móveis.

A resolução foi tomada após as declarações públicas de Roberta sobre seu plano de ajuda financeira ao ex-presidente. “Advirta-se, ainda, que deverá abster-se de qualquer ato de disposição graciosa dos bens até que pague a integralidade da dívida”, afirmou o juiz.

Luchsinger tem ainda um prazo de até dez dias para indicar os bens passíveis de penhora. Após a decisão, ela afirmou em um post no seu perfil do Facebook que irá dobrar o valor da doação à Lula para 1 milhão de reais. A socialite é herdeira da família fundadora do banco suiço Credit Suisse e é apoiadora dos governos petistas e dos ex-presidentes, Lula e Dilma Roussef.

[FOTO2] 

[VIDEO1] 

Redação O POVO Online

TAGS