PUBLICIDADE
Notícias

Mãe tenta registrar B.O. contra vítimas que reagiram a assalto feito pelo filho

O delegado não aceitou o B.O., alegando que as vítimas agiram em legítima defesa

15:35 | 07/07/2017

Dois jovens foram presos em flagrante ao tentar roubar a carga de um caminhão em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na noite desta quinta-feira, 6. As vítimas reagiram e agrediram a dupla, que foi presa. Na delegacia, por conta da agressão, a mãe de um dos suspeitos quis registrar um boletim de ocorrência em favor do filho. O delegado se recusou.

O crime ocorreu na rua Gastão de Souza Oliveira, no bairro Quietude. Dois jovens - um de 23 e outro de 20 anos - abordaram um dos empregados da firma. Com um revólver, eles anunciaram o assalto, mas outros que estavam no local perceberam a ação dos dois jovens e entraram em confronto físico, que durou até que os dois suspeitos fossem imobilizados e desarmados.

A Polícia Militar foi acionada e uma equipe conseguiu prender os dois rapazes em flagrante. A arma que a dupla utilizava era falsa e foi apreendida. Encaminhados à delegacia, ambos foram autuados em flagrante por roubo pelo delegado Alexandre Comin. Durante o registro da ocorrência, os policiais foram surpreendidos pela chegada de familiares de um dos suspeitos.

A mãe de um deles quis registrar um boletim de ocorrência por lesão corporal contra as pessoas que agrediram seu filho. "Eu expliquei que não registraria, pois as vítimas do roubo estavam em legítima defesa e agiram com respaldo da lei", alegou o delegado.

O caso foi registrado na Delegacia Sede da cidade e segue em investigação. A dupla presa foi encaminhada a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para realizar curativos nos ferimentos e depois encaminhada para a Cadeia Pública. As vítimas da tentativa de roubo não se feriram gravemente e passam bem. As informações são do G1 de Santos e Região.

 

Redação O POVO Online

TAGS