PUBLICIDADE
Notícias

Idoso mata esposa ao confundi-la com assaltante, aponta Polícia

Idoso contou que viu um vulto quando acordou e atirou, achando que se tratava de um assaltante. Ele prestou depoimento e foi liberado porque estava em estado de choque, conforme a Polícia

15:54 | 12/06/2017

Um idoso de 67 anos atirou e matou a esposa no fim da noite desse sábado, 11, em Caçapava do Sul, no Rio Grande do Sul. O suspeito contou à Polícia que confundiu a mulher com um assaltante, tentou socorrê-la, mas ela não resistiu. O caso está sendo investigado pela Polícia.

A Polícia informou que a vítima, Fátima Lopes Oleques, ouviu um barulho e levantou da cama do casal durante a noite. O idoso então acordou quando a mulher voltava para o quarto e, ao avistar apenas um vulto, efetuou o disparo, de acordo com o delegado Ricardo Milsesi, da Polícia Civil da cidade.

O idoso foi liberado após prestar depoimento porque estava em choque e precisou de atendimento médico, ainda conforme o delegado. Ele não tinha antecedentes criminais, e a Polícia diz que a situação no local da crime era a mesma descrita pelo idoso.
"Eram pessoas de bem, reconhecidas no meio social. Tudo leva a crer que houve a situação descrita pelo idoso", disse Milsesi em entrevista ao G1 Rio Grande do Sul. A arma pertencia ao idoso e estava em situação irregular.

Redação O POVO Online

TAGS