Participamos do

Uber e revista Claudia lançam cartilha contra assédio de mulheres

O documento, com dados sobre violência contra as mulheres, está sendo enviado aos parceiros da Uber durante a semana
12:17 | Mar. 08, 2017
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

[FOTO1] 

A empresa de carona paga Uber e a revista Claudia lançam cartilha contra o assédio de mulheres voltada aos motoristas do País. A versão digital do material, com um vídeo, é enviada a todos os parceiros da Uber durante a semana do Dia Internacional da Mulher.

As recomendações trazem dados sobre violência sexual e assassinatos de mulheres, além de dados sobre renda e desigualdade no trabalho. "Está nas mãos de cada um de nós agir para acabar com o machismo presente em nosso dia a dia e, assim, diminuir a violência contra a mulher e alcançar a igualdade de gênero", diz Tatiana Schibuola, diretora de redação da Revista Claudia.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O projeto tem o apoio da ONU Mulheres, entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres. A campanha ainda desenvolverá palestras com motoristas em São Paulo, Rio de Janeiro e Recife.

De acordo com a Uber, a cartilha tem o objetivo de apresentar aos motoristas conceitos de machismo e feminismo para que atendam as passageiras da melhor forma possível.

[FOTO2] 

Redação O POVO Online

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente