PUBLICIDADE
Notícias

Deputado federal chama Mickey de homossexual e acusa Disney de promover o 'gayismo'

Para o parlamentar, o personagem é homossexual por 'enrolar' Minnie por 80 anos e nunca pedi-la em casamento

23:19 | 13/03/2017
NULL
NULL

[FOTO1] 

Em uma entrevista à Rádio Capital, de Cuiabá (MT), na última quinta-feira, 9, o deputado federal Victório Galli (PSC-MT) chamou o símbolo da Disney, Mickey Mouse, de homossexual e acusou a empresa de fazer apologia ao “gayismo”.

“Em relação a essa situação do Mickey e da Disney, a gente vê que, em todas as suas atuações, eles fazem apologia ao ‘homossexualismo’. Inclusive o Mickey, se você fizer um estudo profundo como eu já fiz, ele é homossexual. As pessoas estão enganadas com essa mensagem subliminar que a Disney está passando para a sociedade, principalmente às nossas crianças”, falou em entrevista o também professor e pastor evangélico.

Na última segunda-feira dia 6, o deputado compartilhou em uma página de rede social uma ilustração em que Jesus Cristo aparece “protegendo” o personagem da Disney.

Na ilustração, feita pelo “Desenhista que Pensa”, página de ilustradores que se identificam com o pensamento de direita, Jesus pede que o rato mais famoso do mundo não mexa com seus “pequeninos”.

[VIDEO1] 

Ao ser questionado sobre o fato de o Mickey namorar a Minnie, o deputado comentou que o relacionamento entre os dois era de fachada. “Isso é o que eles fazem para enganar as pessoas. O objetivo é destruir famílias”, disse. E continuou: “O próprio nome dele em relação aos exemplos que fazem, as cores, assim por diante, você vê uma mensagem subliminar que ele está fazendo uma apologia e apoiando a questão gay.” Para o deputado, Mickey é homossexual por 'enrolar' Minnie por 80 anos e nunca pedi-la em casamento.

Redação O POVO Online

TAGS