PUBLICIDADE
Notícias

"A sociedade branca bebe, come e dança a cultura negra", diz Antonio Pitanga

Em entrevista à Revista Carta Capital, o ator falou sobre a política e a história do negro no Brasil

14:09 | 05/02/2017
O ator Antonio Pitanga está vestido com uma camisa branca e usando um chapéu. Foto faz parte do documentário fotográfico.
O ator Antonio Pitanga está vestido com uma camisa branca e usando um chapéu. Foto faz parte do documentário fotográfico.

[FOTO1]Em entrevista à revista Carta Capital, o ator Antonio Pitanga, 77, explanou sobre o cenário da exclusão étnica no País, transcorrendo pela história do racismo e seus impactos na sociedade contemporânea. Em um recorte intrínseco da cultura brasileira, Antonio disse que "a sociedade branca bebe, come e dança a cultura negra”. Além disso, ele falou sobre política e o papel da mulher negra na sociedade.

 

 

“Quero contar uma história da nossa família, da nossa sociedade e dos nossos irmãos. Sobre onde nasce o levante mais importante que aconteceu neste País, quando os negros oprimidos entenderam que eram mais de 60% da população baiana”, disse.


Biografado pela filha, a atriz Camila Pitanga, Antonio terá sua trajetória artística, política e filosófica compiladas no filme-documentário Pitanga, exibido na 20ª Mostra de Cinema de Tiradentes, em Minas Gerais. O filme marca a estreia da atriz como cineasta e está previsto para estrear nos cinemas em abril deste ano.


Pitanga


O filme-documentário de longa-metragem faz um percurso estético, político e existencial do ator Antonio Pitanga, dirigido por cineastas, como Glauber Rocha, Cacá Diegues e Walter Lima Jr.  

 

 

 

Redação O POVO Online

TAGS