PUBLICIDADE
Notícias

Ex-funcionário confessa ter assassinado cantora Loalwa Braz

A voz do hit "chorando se foi", vocalista do Kaoma, foi encontrada morta na manhã desta quinta-feira, 19, no Rio de Janeiro

16:17 | 19/01/2017
Um homem suspeito de envolvimento na morte da cantora Loalwa Braz foi preso na tarde desta quinta-feira, 19, perto da pousada da vítima, em Saquarema, Rio de Janeiro.

[SAIBAMAIS]
Ele era ex-funcionário da pousada e confessou ter assassinado a cantora. Segundo a Polícia Civil, foram achados no local junto ao suspeito, um disco da cantora, um HD, um vaso de cerâmica e uma faca. 

O delegado responsável pelo caso levou o homem até  a pousada para que ele confirmasse mais detalhes de como ocorreu o crime.
 
Loalwa Braz, conhecida como a voz da lambada e vocalista do Kaoma, foi encontrada morta na manhã desta quinta-feira, 19, no Rio de Janeiro. O corpo da cantora estava dentro de um carro incendiado em Saquarema, na região dos Lagos do Rio. 
 
Redação O POVO Online 
TAGS