PUBLICIDADE
Notícias

Apresentador chama cantora Ludmilla de "macaca"

Internautas se mobilizaram e lançaram a hastag #ProcessaLudmilla em apoio a funkeira

11:08 | 18/01/2017
A cantora Ludmilla afirmou nesta terça-feira,17, em sua conta no Instagram que não deixará impune e que irá denunciar o apresentador do programa Balanço Geral do Distrito Federal, "Marcão do Povo", por racismo.
 
O post foi feito após o apresentador se referir a cantora como "macaca" durante um quadro do programa "A hora da venenosa". Marcão comentava uma suposta notícia sobre Ludmilla ter combinado com o garçom de um restaurante para ele mentir que ela estava gripada, e assim não atender os pedidos de fotos dos fãs.
 
Marcão, ao criticar a atitude da funkeira, afirmou que "ela era pobre e macaca. Pobre, pobre mesmo", referindo-se ao passado humilde da funkeira.
 
"Não deixaremos impune tais atos, trata se de um desrespeito absurdo, vergonhoso. Fica evidente que esse cidadão @marcaoapresentadortv não possui nenhum pudor ou constrangimento em ofender alguém em rede nacional", afirmou a cantora em sua rede social.
 
Em sua conta oficial no Twitter, o programa Balanço Geral DF defendeu o apresentador e disse que Marcão utilizou uma "expressão regional comum" e que não tinha a intenção de ofender a cantora. 
 
Essa não é primeira vez que a cantora sofre preconceito. Recentemente, Ludmilla processou a apresentadora Val Marchiori por cometários racistas feitos durante a transmissão do Carnaval 2016. Na ocasião, a socialite disse que a funkeira tinha "cabelos de Bombril".
 
As afirmações do apresentador repercutiram negativamente na internet, e os internautas, em apoio à cantora, lançaram a hastag #processaLudmilla no Twitter para protestar contra o racismo. 
 
[VIDEO1]  
Redação O POVO Online 
TAGS