Após sucessivos problemas em voo, passageiros levam quatro dias de Fortaleza para Nova York Notícias do Brasil
PUBLICIDADE
Notícias


Após sucessivos problemas em voo, passageiros levam quatro dias de Fortaleza para Nova York

Os passageiros programavam passar o Réveillon em Nova York, mas após sucessivos problemas só chegaram ao destino nesta segunda-feira, 2

20:39 | 02/01/2017
NULL
NULL

O voo AA 974 da companhia American Airlines saiu de Fortaleza, na última sexta-feira, 30, com destino a Nova York. Após escala no Rio de Janeiro, a previsão era chegar nos EUA na manhã do sábado, 31. Contudo, sucessivos imprevistos fizeram mais de 200 passageiros virarem o ano no próprio avião. A viagem levou quatro dias. As informações são do portal G1.

[FOTO1] 

Na escala no Rio de Janeiro, o primeiro problema: a aeronave não poderia decolar por problemas na turbina direita. O voo seguinte só saiu na tarde de sábado, 31. No trecho, uma passageira passou mal e o piloto decidiu por uma  parada não programada em Manaus, no Amazonas, dada a falta de suporte devido para o atendimento.

[SAIBAMAIS] 

Segundo o G1, a mulher foi socorrida e levada a um hospital ainda na noite de sábado. Os demais passageiros aguardaram por quase cinco horas dentro da aeronave - onde passaram o Réveillon -, até que o voo fosse definitivamente cancelado por "questões trabalhistas” da tripulação.

Alojados em dois hotéis da cidade, sem as malas, os passageiros alegaram não conseguir contato com a empresa. "A companhia não fala com a gente. A gente entende que a decisão de parar em Manaus foi assertiva para socorrer a passageira e que bom que tomaram a decisão de não decolar, pelo defeito. Nosso problema é que eles sabiam que a aeronave estava com defeito e não resolveram a tempo", disse o passageiro Rodrigo Urick ao G1.

Artistas também seguiam no voo, como os atores Danielle Winits, André Gonçalves e o grupo de pagode Revelação. "Eles não tinham estrutura para atender uma pessoa que passou mal, não havia oxigênio. Uma tripulação mal-educada que maltrata as pessoas. Nós passamos por uma sucessão de erros", desabafou André Gonçalves, também ao G1.

Em nota à imprensa, a companhia lamentou pelos inconvenientes e informou que os passageiros seguiram viagem na manhã desta segunda, 2, às 9h30, horário local. Segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), porém, a aeronave só levantou voo às 11h10.

 

Um problema com um voo da mesma companhia foi destaque na semana passada. O voo, que seguia de São Paulo também para Nova York, fez um pouso não previsto em Brasília após briga de casal. Já em outubro de 2016, um avião da American Airlines pegou fogo no Aeroporto de Chicago, ferindo oito pessoas.

 

 

Confira a nota oficial da companhia aérea:

 

"A American Airlines informa que o voo AA 974 de 30 de dezembro, do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (GIG) para o Aeroporto Internacional de Nova Iorque (JFK), um Boeing 777-200 com 233 passageiros, atrasou por necessidade de manutenção e decolou em 31 de dezembro. Durante o percurso para Nova Iorque, o voo teve que alternar para o Aeroporto Internacional de Manaus (MAO) por conta de uma emergência médica com uma passageira, causando o seu cancelamento devido à escala da tripulação. Todos os passageiros estão recebendo assistência e serão acomodados no próximo voo para Nova Iorque, programado para partir em 2 de janeiro, às 9:30 (hora local). A companhia lamenta pelos inconvenientes causados, mas ressalta que a segurança de seus passageiros e tripulação é sua prioridade".

TAGS