PUBLICIDADE
Notícias

Edição especial de camisa da Chapecoense terá venda revertida para o clube

Ação da Netshoes, Umbro e Chape deve resultar em lucro de R$ 1 milhão

11:40 | 23/12/2016
NULL
NULL
[FOTO1] Após se envolver em uma polêmica ao aumentar o preço das camisas da Chapecoense depois da tragédia aérea com o time, a Netshoes anunciou quinta-feira, 22, uma parceria que deverá beneficiar o clube de Chapecó em R$ 1 milhão.

A Netshoes, uma das maiores lojas online de artigos esportivos do País, em parceria com a Chape e a empresa fornecedora do clube, Umbro, colocaram à venda um lote com 2.500 camisas do time ao preço de R$ 200. A camisa de edição especial disponibilizada é o mesmo modelo que vinha sendo usado pelo clube durante toda a Copa Sul-Americana, e terá a inscrição "#ForçaChape" nas costas.

Os valores deverão ser revestidos integralmente para a Chapecoense, além disso, será feito uma doação no valor da camisa para cada peça vendida. Em nota divulgada no site, a empresa afirma que "temos o esporte em nosso DNA e, como todo Brasil, nos solidarizamos e queremos colaborar com a reconstrução da Chapecoense".

O acidente com o avião da Chapecoense, em novembro, vitimou 71 pessoas, grande parte do time e da comissão técnica da Chapecoense. Desde então o clube está em processo de reconstrução. Após o acidente, as camisas do time ficaram esgotadas em todas as lojas.

Redação O Povo Online
TAGS