PUBLICIDADE
Notícias

Bebê de cinco meses morre após ser esquecido no carro em São Paulo

O caso foi semelhante ao do pequeno Cooper, nos Estados Unidos

10:35 | 24/11/2016

Cinco horas após ser esquecido pelo pai no carro, um bebê de cinco meses foi encontrado desacordado na cadeirinha. Ele ainda foi socorrido, mas morreu no hospital. O caso aconteceu em Araçatuba (SP) nesta quarta-feira, 23.

O caso foi registrado como homicídio culposo, ou seja, quando não há intenção de matar. O pai foi ouvido pela polícia e liberado, preferindo não falar com a imprensa. Ele havia saído de casa como todos os dias e deixou o filho mais velho, de cinco anos na creche, entretanto, esqueceu de deixar o menor na casa da avó. Indo direto para o trabalho, ele estacionou o carro na rua, onde quase não havia sombra.

"Chegamos ao local, fizemos contato com equipe médica, tentaram processo de ressuscitação, mas sem êxito. Não foi constatada agressão, lesão, então foi uma fatalidade”, afirmou o cabo Fabiano Sonego Bodo, de acordo com o G1 local.

Após encontrar a criança desacordada, o pai o levou ao hospital, onde o bebê faleceu. O delegado que está envolvido no caso, Marcelo Cury, afirmou que em alguns casos, como esse, o próprio fato já pune o autor.

 

Caso americano

Em 2014, uma tragédia semelhante aconteceu com o pequeno Cooper, um menino norteamericano. Nesse caso, no entanto, o pai foi considerado suspeito de planejar a morte do filho.

No dia 15 deste mês, o pai de Cooper, Justin Ross Harris, foi julgado nos Estados Unidos como culpado pelo assassinato do filho. Após dias de julgamento e várias evidências, o júri entendeu que Justin tinha intenção de matar o filho para se livrar das responsabilidades familiares.

Redação O POVO Online

TAGS