PUBLICIDADE
Notícias

Cearense é prata em Olimpíada Iberoamericana de Matemática

Delegação brasileira ficou no topo da disputa que reuniu estudantes de 22 países

11:40 | 10/10/2016
Estudantes posam para foto segurando bandeira do Brasil
Estudantes posam para foto segurando bandeira do Brasil

[FOTO1]

O cearense George Lucas Diniz Alencar garantiu medalha de prata na 31ª Olimpíada Iberoamericana de Matemática (OIM), realizada entre 23 de setembro a 1º de outubro, em Antofagasta, no Chile. O Brasil ficou em primeiro lugar com pontuação geral de 147 pontos, dez a mais que o Peru, segundo colocado. A competição reuniu 86 estudantes de 22 países.

Além de George, a delegação brasileira estava representada por Pedro Henrique Sacramento de Oliveira (SP), Andrey Jhen Shan Chen (SP) e João César Campos Vargas (MG). Os três levaram medalha de ouro.

Em conversa com O POVO, George define a participação na OIM como uma "experiência única". “Participar de uma Olimpíada é muito bom. A gente tem contato com participantes de outros países. Há uma troca de experiência que a gente só tem a ganhar”, comenta o George, que chega a estudar sete horas por dia.

Em julho, o jovem também conseguiu uma medalha de bronze na 57ª Olimpíada Internacional de Matemática (IMO) 2016, realizada em Hong Kong.

Segundo o diretor de ensino da Organização Farias Brito, Marcelo Pena, as conquistas de George são algo fora do habitual. “Ele começou a se preparar para as Olimpíadas no ensino médio. Geralmente os alunos começam a preparação ainda no ensino fundamental. É muito difícil um aluno que começou a se dedicar no início do ensino médio conseguir ir para uma Olimpíada Internacional”, explica o diretor da instituição onde George estuda.

Sobre o futuro, o jovem diz que pretende fazer vestibular para seguir carreira na área de engenharia elétrica.

OIM

A Olimpíada Iberoamericana de Matemática é uma competição internacional disputada por países da América Latina, Espanha e Portugal. Os países são representados por equipes de até 4 estudantes que não tenham feito 18 anos de idade em 31 de dezembro do ano imediatamente anterior à realização da Olimpíada e que não tenham participado anteriormente em duas OIM.

Redação O POVO Online

TAGS