PUBLICIDADE
Notícias

Você aprova a nova grade curricular do Ensino Médio?

O objetivo da nova medida do Ministério da Educação (MEC) é que os alunos possam optar por aprofundar conteúdos e temas relacionados às áreas de interesse deles. O foco é um ensino mais técnico, deixando opcionais as disciplinas Filosofia, Artes, Educação Física e Sociologia

17:00 | 29/09/2016
Alunos fazendo provas em uma instituição de ensino
Alunos fazendo provas em uma instituição de ensino

[FOTO1] 

O Ministério da Educação (MEC) publicou na última quinta-feira, 22, a medida provisória nº 746 trazendo mudanças no atual modelo do Ensino Médio do País. A proposta - que já tem força de lei desde sua publicação - reduz pela metade a carga horária destinada às disciplinas tradicionais, como Matemática, Português, História, Química e Biologia, durante os três anos do Ensino Médio.

Na outra metade, o objetivo é que os alunos possam optar por conteúdos e temas relacionados às áreas de interesse. São cinco no total: Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza, Ciências Humanas e Formação Técnica e Profissional, que terá peso semelhante às quatro áreas do conhecimento, incluindo a possibilidade de "experiência prática de trabalho no setor produtivo" ao aluno. 

A partir da nova medida, a decisão de incluir Artes, Educação Física, Filosofia e Sociologia nas aulas fica a critério das escolas e redes de ensino. O Inglês passa a ser a língua estrangeira obrigatória em todas as escolas, que podem oferecer uma segunda língua, sendo preferível, o Espanhol.

A carga horária passa de 800 horas aula para 1.400 horas aula.   

Vote

[VIDEO1]

Redação O POVO Online 

TAGS