PUBLICIDADE
Notícias

Órgãos de técnico alemão serão doados no Brasil após autorização da família

Setfan Henze morreu nesta segunda-feira, 15, no Hospital Municipal Miguel Couto, no Rio de Janeiro.

20:25 | 16/08/2016
NULL
NULL

Os órgãos do técnico da equipe alemã de canoagem slalom, Setfan Henze, 35, vão ser doados no Brasil após autorização da família. O esportista morreu nesta segunda-feira, 15, no Hospital Municipal Miguel Couto, no Rio de Janeiro, por não resistir depois de ter passado por uma cirurgia. Setfan sofreu um acidente de carro na Barra da Tijuca e teve traumatismo craniano gravíssimo. O técnico estava internado desde a última sexta-feira, 12.


Os órgãos do alemão foram retirados na noite desta segunda-feira, 15, no Hospital Miguel Couto, e encaminhados para vários hospitais do Rio. O seu coração, por exemplo, foi levado para o Hospital de Laranjeiras. O presidente da Federação Alemã de Esportes Olímpicos (DOSB), Alfons Hörmann, lamentaram a perda. “Palavras não conseguem descrever o que estamos sentindo na equipe olímpica após esta perda terrível”, declarou.


Em homenagem ao técnico, bandeiras da Alemanha serão hasteadas a meio mastro na Vila Olímpica nesta terça-feira, 16, no “Local de Luto” a pedido da delegação olímpica alemã.


Setfan Henze estava com o analista esportivo Cristian Katini em um táxi indo em direção para a Vila Olímpica, quando o veículo se envolveu em acidente na Avenida das Américas. O taxista fugiu do local e não prestou socorro às vítimas. O técnico sofreu um traumatismo craniano e levado para o Hospital Miguel Couto, enquanto Cristian foi encaminhado para o Hospital Lourenço José mas não teve nenhum problema grave.

 

Redação O POVO Online

TAGS