PUBLICIDADE
Notícias

Lanchonetes ficam sem comida no primeiro dia das Olimpíadas 2016

Durante mais de uma hora, houve problema de abastecimento em pelo menos cinco arenas do evento. Com isso, pessoas chegaram a esperar por até 40 minutos nas filas de atendimento

15:48 | 06/08/2016
NULL
NULL

Em meio à intensidade de atividades do primeiro dia das Olimpíadas 2016, no Rio de Janeiro, algo deu errado: uma queda de energia prejudicou o funcionamento de maquinários e, por conta disso, deixou lanchonetes sem comida no Centro Aquático Maria Lenk, Arena Carioca 3, Arena Carioca 2, Centro Olímpico de Tênis e Arena da Juventude. O público ficou por mais de uma hora esperando a normalização da situação. As informações são da Folha de S. Paulo.

Segundo o veículo de comunicação, ao final da manhã de hoje, somente bebidas estavam sendo vendidas e os visitantes eram orientados a se dirigir a outros pontos de comercialização de lanches, onde também houve problema de abastecimento. Além disso, o volume da procura gerou superlotação nas filas. A do atendimento preferencial - que atende idosos e idosas, gestantes, pessoas com mobilidade reduzida e com crianças de colo, tinha um tempo de espera de 40 minutos.

O Comitê Organizador da Rio-2016 não falou oficialmente sobre o ocorrido.

Redação O POVO Online

TAGS