PUBLICIDADE
Notícias

Colaboradores encontram símbolo nazista em instalações das Olimpíadas

A suástica foi vista em um mural que fica na sala para descanso na arena olímpica de ciclismo no Pontal, zona oeste

10:33 | 12/08/2016
NULL
NULL

Uma gestora da arena de ciclismo de Pontal, no Rio de Janeiro, encontrou uma suástica, símbolo nazista, desenhada em um mural reservado a mensagens de incentivos para colaboradores dos jogos olímpicos. A mulher, que é judia, fotografou o símbolo que a incomodou e mostrou a imagem a colegas de trabalho que também são judeus.

Sentindo-se inseguro, um deles  procurou a Federação Israelita do Estado do Rio de Janeiro (Fierj), mas teria sido pedido por um gerente do Comitê Rio-2016 que o caso fosse resolvido “internamente”. “Eu respondi a mensagem pedindo mais informações, mas quem a mandou não escreveu mais nada. Levei o caso à direção, mas não conseguimos avançar”, afirmou o gerente de segurança da Fierj, Átila Cordova, ao UOL.

O mural fica localizada numa sala reservada ao descanso de colaboradores da arena olímpica de ciclismo da estrada contrarrelógio. Apenas voluntários e trabalhadores das Olimpíadas têm acesso ao local. A suástica foi encontrada na última quarta-feira, 10.

Apesar da insegurança, os denunciantes voltaram atrás e optaram pelo silêncio. De acordo com o parágrafo primeiro do artigo 20 da lei n° 7.716, de 5 de janeiro de 1989, é proibido “fabricar, comercializar, distribuir ou veicular símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo”.

 

Redação O POVO Online

TAGS