PUBLICIDADE
Notícias

Preta Gil é vítima de racismo nas redes sociais

"Estou em estado de choque. Chocante! Racismo é crime. Será que eles não sabem ainda?", disse a cantora

16:10 | 26/07/2016
NULL
NULL

Preta Gil foi vítima de racismo nas redes sociais. Segundo a cantora, um grupo integrado por pessoas que disseminam o preconceito na internet a atacou com discursos de ódio - com sua cor e seu corpo.

A artista compartilhou o fato com seus seguidores na rede social Snapchat.

"Meu Facebook foi atacado por um grupo intitulado 'MM'. Estou em estado de choque. Chocante! Racismo é crime. Será que eles não sabem ainda? O mais triste é que a maioria são crianças! Já com tanto ódio no coração!", relatou.

Na manhã desta terça-feira, 26, ainda impactada com o crime do qual foi vítima, Preta fez um desabafo em que relata o preconceito sofrido em sua vida, por ser mulher, mãe de um filho negro e não se enquadrar nos padrões estéticos impostos pela sociedade.
[SAIBAMAIS3]
“...Desde muito nova convivi com o preconceito de quem não aceitava ver filho de negro em uma escola particular, de quem não consegue aceitar que uma pessoa pode se chamar Preta.

Além do nome, sempre convivi com o fato de ser diferente aos olhos da maioria; de ser a filha do cantor, de não ter corpo de modelo de passarela, de meu cabelo ser liso, (sim acreditem tem gente que acha que eu aliso meu cabelo e com isso dizem que não aceito minha negritude) de mostrar meu corpo no meu CD, de casar com alguém mais novo e por aí vai…", desabafou.

A artista publicou no seu Instagram uma foto mostrando os comentários racistas direcionados à ela. Entre outras agressões verbais, Preta é xingada de "Macaca". O O POVO Online preservou a identidade dos agressores, já que possivelmente são menores de idade.

 

Leia na íntegra o desabafo de Preta Gil:

[VIDEO1] 

Redação O POVO Online

TAGS