PUBLICIDADE
Notícias

Estado Islâmico recruta terroristas na internet e sugere formas de ataques nas Olimpíadas

O alerta foi divulgado em junho por uma consultoria especializada na atuação de grupos extremistas na internet

09:50 | 21/07/2016

O Estado Islâmico está recrutando seguidores na internet e por meio do aplicativo  ‘Telegram’ para realizarem ataques terroristas durante os Jogos Olímpicos do Rio, que acontece de 5 à 21 de agosto . Os terroristas sugerem métodos de como devem atuar  os “lobos solitários”.

O alerta foi divulgado em junho pela consultoria site Intelligence, especializada na atuação de grupos extremistas na internet.
De acordo com as mensagens jihadistas, que também foram escritas em português, os métodos terroristas abrangem a utilização de drones com pequenos explosivos, acidentes de trânsito e o uso de veneno.

O site alerta que o governo brasileiro não deve descartar nenhuma ameaça e que fique atento às ações online do Estado Islâmico. Entre os possíveis alvos do terrorismo estão as delegações e visitantes dos Estados Unidos, Inglaterra, França e Israel. 

Segundo o site Intellingence, os terroristas sugeriram um massacre como o que ocorreu durante os Jogos Olímpicos de Munique, em 1972, na Alemanha, quando oito palestinos ligados a um grupo terrorista mataram atletas e treinadores israelenses. 

Em junho deste ano, a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) confirmou a informação de que pessoas ligadas ao Estado Islâmico criaram um grupo para trocar mensagens em português, através de aplicativos de celular. Um grupo terrorista brasileiro, que declarou apoio ao E.I, foi monitorado e os integrantes investigados pelas autoridades. 

 

Redação O POVO Online

TAGS