PUBLICIDADE
Notícias

Anvisa proíbe venda de lote de extrato de tomate com pelo de roedor

É a segunda vez que a Anvisa determina a interdição de um lote de produtos da Heinz

11:10 | 18/07/2016
NULL
NULL

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a distribuição e comercialização em todo o País de um lote de extrato de tomate da marca Heinz, fabricada pela Heinz Brasil S.A, localizada em Nerópolis (GO), após encontrar pelos de roedor em amostras do produto.

A resolução foi publicada na última sexta-feira, 15, no "Diário Oficial da União" desta segunda-feira, 18, um laudo emitido pela Fundação Ezequiel Dias, de Minas Gerais.

De acordo com a publicação oficial, uma "matéria estranha indicativa de risco à saúde humana" foi encontrada acima do limite máximo de tolerância aceito pela legislação brasileira. A empresa terá que recolher o extrato contaminado do estoque que estiver à venda no mercado.

O lote proibido pela Anvisa é o L06, com validade até 01/04/2017.

Essa é a segunda vez que a Anvisa determina a interdição de um lote de produtos da Heinz. Em 2013, um laudo também apontou a presença de pelos de roedores em um lote de catchup  da marca. 

 

Redação O POVO Online

 

 

TAGS