PUBLICIDADE
Notícias

Após postar foto em velório da avó, Ana Paula Valadão recebe críticas

A cantora gospel compartilhou o seu momento de luto em velório nas mídias sociais. Internautas criticaram a exposição de Ana enquanto outros prestaram mensagens de condolências

19:32 | 24/06/2016
NULL
NULL

A cantora gospel Ana Paula Valadão publicou uma foto no velório de sua avó e gerou polêmica nas mídias sociais nesta quinta-feira, 23. Os internautas criticaram a atitude da cantora por expor um momento de luto na internet. A imagem mostrava a mão da cantora sobre as mãos da avó no caixão, acompanhada da legenda “Até aquele Dia, vovó. Que Bom que te demonstrei todo meu amor em vida”.

A publicação teve mais de seis mil comentários. Uma internauta caracterizou a artista como uma pessoa sem bom senso. “Se essa moda pega, daqui a pouco terá selfie com defunto. Essa Valadão é muito sem noção”, comentou. Outro internauta compartilhou a mesma opinião. “Desnecessário tirar foto em velório! Sem noção”, opinou. Em meio a tantos comentários negativos, algumas pessoas sentiram pela partida da vó de Ana e publicaram mensagens de condolências à família.

[SAIBAMAIS1]

Em entrevista ao O POVO Online, o consultor de marketing de mídias digitais, W. Gabriel, diz que tais comportamentos são muito comuns de subcelebridades, que precisam ganhar audiência para se manterem visíveis. “O momento de luto foi uma forma de buscar audiência na dor. É uma característica das subcelebridades e a internet facilita muito isso”, analisa.

Neste caso, o limite entre o público e o privado torna-se muito delicado. “Ela mesma confunde essas esferas. Então, ela se sente na obrigação sempre de se autoafirmar para ganhar audiência”, acrescenta Gabriel. Além disso, o fato de estar de frente a uma tela resulta nessa exposição, pois alguns internautas acabam perdendo esse consenso. “Internet tem esse efeito nas pessoas”, diz.

Já os motivos que levaram os internautas  a criticarem a publicação foram causadas por uma série de comportamentos padrões compartilhados pelas pessoas, que regulam o que deve ser aceito. “A própria sociedade digital repugna determinadas atitudes, pois já adotaram comportamentos padrões. Você expor o momento de luto é uma quebra na netiqueta - espécie de conduta ética da internet - e quebra a etiqueta do luto, motivando reprovações dos internautas”, explicou. 

 

O mundo virtual
As mídias sociais, como Facebook e Instagram, têm tornado cada vez mais presente e essencial para o dia a dia das pessoas. Esses meios de comunicação são utilizados tanto para questões profissionais quanto para assuntos pessoais. Separar esse dois mundos, tornou-se uma dificuldade para a sociedade.

É por esse motivo que saber lidar com as controvérsias do mundo virtual é tão preciso, pois hoje não há como fugir das mídias sociais por conta da presença de empresas e pessoas que podem lhe trazer benefícios para a vida pessoal e profissional.

“Uma vez que você foge desses meios, você foge dos radares das empresas e de pessoas que podem ser benéficas para a sua carreira e que poderiam lhe dar apoio. Se não dar para fugir, é melhor utilizá-la de maneira positiva”, disse o consultor que recomenda pensar muito bem antes de postar algo nas mídias sociais.

TAGS