PUBLICIDADE
Notícias

CFM orienta médicos a solicitarem exames de Sífilis, HIV e Hepatite aos pacientes

%u201CEsta é uma recomendação importantíssima, que vai ao encontro da missão do CFM: cuidar da saúde das pessoas%u201D, frisa o conselheiro federal pelo Ceará Lúcio Flávio Gonzaga Silva.

18:26 | 15/03/2016
NULL
NULL
Conselho Nacional de Medicina (CFM) orienta os médicos a solicitarem aos pacientes exames de hepatites A, B e C, sífilis e HIV, no intuito de diagnosticar o mais cedo possível essas doenças infecciosas. A recomendação foi aprovada nesta quarta-feira, 15, passando a valer a partir desta data. 

A expectativa É que a partir desta decisão os médicos possam adotar a cultura de prevenção em assuntos relacionados à sexualidade. “Queremos que tanto médicos, quanto pacientes, percam a inibição de falar sobre o assunto. Ainda temos um universo grande de pessoas que sofrem com essas doenças e não estão diagnosticadas”, afirmou o presidente do CFM, Carlos Vital.

Cabe ao médico orientar os pacientes acerca da importância dos exames. A realização dos diagnósticos não é obrigatória, e caso seja confirmada alguma infecção, a Secretaria Estadual de Saúde deverá ser notificada, garantindo a confidencialidade do paciente. “Esta é uma recomendação importantíssima, que vai ao encontro da missão do CFM: cuidar da saúde das pessoas”, frisa o conselheiro federal pelo Ceará Lúcio Flávio Gonzaga Silva. 

A recomendação torna-se importante diante do crescimento da epidemia dessas doenças na sociedade. Segundo os dados do Boletim Epidemiológico HIV de 2015, o aumento de casos de jovens de 15 a 19 anos diagnosticados com o vírus mais que triplicou. Já entre os de 20 a 24 anos, esse dado quase é o dobro.
 
“O acatamento dessa norma pelos médicos terá um significativo impacto individual, evitando-se a progressão da infecção, e coletivo, diminuindo-se o risco da disseminação da doença”, afirmou José Hiran Gallo, relator da Recomendação 2/2016.
 
Redação O POVO Online 
TAGS