PUBLICIDADE
Notícias

Veterinário proibido de oferecer consultas gratuitas faz apelo na internet

O vídeo já conta com mais de 5 milhões de visualizações e deu origem a um abaixo assinado para que o Conselho Regional de Medicina Veterinária reanalise o caso

11:34 | 02/02/2016
NULL
NULL

Quando uma ajuda disponibilizada gratuitamente é proibida de ser dada, o que fazer? A saída encontrada pelo veterinário Ricardo Fehr Camargo foi divulgar um apelo nas redes sociais.

Ele publicou um vídeo no Facebook nesta segunda-feira,
1, onde explica que após divulgar na Internet que aos sábados prestaria atendimentos de graça a animais de pessoas carentes na cidade de São Carlos, em São Paulo, acabou recebendo a visita de uma fiscal do Conselho Regional de
Medicina Veterinária (CRMV-SP) o proibindo de exercer as consultas.

A fiscal, que aparece nas imagens, afirma que apenas uma ONG poderia prestar tal serviço e não uma clínica particular, uma vez que não pode ser considerado um serviço de utilidade pública.

Após divulgação do vídeo, milhares de pessoas compartilharam a postagem do veterinário e se manifestaram contrárias às alegações da representante do Conselho.

Um abaixo-assinado foi criado na tentativa de que o órgão reanalise o caso e permita que veterinários autônomos possam realizar procedimentos gratuitos para aqueles que não tem condições de pagar por uma consulta

Assista ao vídeo:

[VIDEO1]

Redação O POVO Online

 

TAGS