PUBLICIDADE
Notícias

Revista Forbes defende cancelamento de Olimpíadas no Rio

Matéria publicada na sessão "SportMoney", específica para finanças de esportes, afirma que apenas atletas poderão viajar ao Brasil

15:18 | 05/02/2016
NULL
NULL
"Surto de zika significa que está na hora de cancelar as Olimpíadas no Rio", é o título da matéria da Forbes, revista norte-americana de economia. De acordo com a publicação, mulheres jovens não podem viajar com segurança para o Brasil.
 
A matéria adverte ainda que o surto resultou no decreto de emergência internacional pela Organização Mundial da Saúde (OMS). "Por mais que a água poluída e questões de segurança já tornassem as coisas difíceis para qualquer pessoa que quisesse visitar o país, agora o Brasil está na linha de frente da epidemia do vírus zika'', explica. 
 
A Forbes diz ainda que apenas atletas poderão viajar para concorrer nas Olimpíadas e que mulheres poderão correr riscos. Embora defenda o cancelamento, o texto sugere também a mudança de lugar dos Jogos ou o adiamento da competição. "Prevenção é a melhor opção diante de uma ameaça tão séria à humanidade''.

A OMS passou a discutir as doenças em encontros internacionais e médicos de todo o mundo após a epidemia global se tornar um risco. Dentre as três doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, o zika vírus é constante no noticiário internacional. O Brasil, aliás, é referência constante do tema - mais da metade das menções ao país na imprensa estrangeira tratam do vírus.
 
Segundo informou o portal UOL, a imprensa internacional produz centenas de reportagens diariamente com diferentes abordagens e graus de aprofundamento. Consequentemente, a tendência refletiu na internet. De acordo com dados do Google, a relação entre o País e o zika vírus já é o assunto mais comentado do planeta.
 
Redação O POVO Online

TAGS