PUBLICIDADE
Notícias

Desabamentos após chuvas provocam mortes
em Salvador

Sete corpos foram localizados em uma encosta na Avenida San Martin, e três vítimas foram encontradas no bairro Bom Juá. Entre as vítimas está uma criança de 12 anos

18:12 | 27/04/2015
NULL
NULL
Subiu para dez o número de mortes em deslizamentos de terra em Salvador, causados pela forte chuva que atingiu a capital baiana na madrugada desta segunda-feira, 27. Sete corpos foram localizados em uma encosta na Avenida San Martin, e três vítimas foram encontradas no bairro Bom Juá. Entre as vítimas está uma criança de 12 anos.

Seis pessoas foram resgatadas com vida nos dois deslizamentos, segundo a Polícia Militar (PM) da Bahia. Uma pessoa também foi socorrida no bairro Santa Luzia. As equipes que trabalham nas buscas não sabem quantas pessoas estão debaixo dos escombros.

O temporal, que provocou estragos em Salvador, começou na madrugada desta segunda-feira. Algumas das principais ruas e avenidas da cidade ficaram alagadas, e o órgão municipal de Trânsito pediu que os moradores evitem trafegar por essas vias.
[FOTO2]
Até às 16h30, a Defesa Civil da capital baiana registrou 192 ocorrências por causa das chuvas, incluindo 107 deslizamentos de terra, 25 alagamentos e 18 desabamentos de imóveis e muros. Por causa das chuvas, escolas e universidades suspenderam as aulas.

Segundo a prefeitura, só na região do bairro San Martin, local com maior volume pluviométrico registrado na cidade, nas últimas horas, choveu 198 milímetros (mm). O volume de chuvas esperado na região para todo o mês de abril era de 309 mm.

O Hospital Santo Antônio, gerido pelas obras sociais Irmã Dulce, ficou parcialmente alagado. Os pacientes que estavam internados nos locais tomados pela água foram transferidos para outras alas e unidades de saúde.

Por meio de nota, a prefeitura de Salvador informou que realiza uma operação com 500 servidores para atuar nos locais afetados pelas chuvas. A prefeitura também disponibilizou locais para receber as famílias desabrigadas. O governo do estado colocou todo o efetivo da PM e do Corpo de Bombeiros no atendimento às vítimas das chuvas.
Agência Brasil
TAGS