PUBLICIDADE
Notícias

A cada hora, um homossexual sofre violência no Brasil

Os dados mostram ainda que de cada quatro casos de homofobia registrados, três são com homens gays

12:23 | 21/11/2014
NULL
NULL

A cada hora, um homossexual sofre algum tipo de violência no Brasil, segundo dados da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDHPR) obtidos pelo jornal Estado de S. Paulo. As denúncias de preconceito contra gays, lésbicas, travestis e transexuais aumentaram de 1.159, em 2011, para 6,5 mil casos até outubro deste ano. Isso representa um aumento de 460%.

 Os dados ainda mostram que os jovens são as principais vítimas dos atos violentos e representam 33% do total das ocorrências. A cada quatro casos de homofobia, três são com homens gays. Cerca de 76% dos casos são de preconceito no trabalho, assédio moral e perseguição e aproximadamente 26% deles acontecem em grandes cidades.

 A SDHPR considera positivo o crescimento nos registros de homofobia, já que essa é a primeira ação para combater essa prática.

 "Precisamos melhorar o atendimento desses casos e isso passa por um treinamento dos policiais para que identifiquem os crimes de ódio LGBT e investiguem com o mesmo cuidado que as demais ocorrências", afirmou Samanda Freitas, coordenadora da área LGBT.

[SAIBAMAIS2]Dois casos de homofobia ocorridos em São Paulo chamaram atenção nos últimos dias. No último dia 9, dois namorados foram agredidos por 15 homens e um vagão de metrô. No domingo, 16, um jovem foi assassinado a facadas em frente ao Parque do Ibirapuera.

 Segundo o jornal Estado de São Paulo, o projeto de lei 122, que criminaliza a homofobia, está com o texto bloqueado há oito anos. A expectativa é que a pauta retorne ao Senado Nacional no ano que vem.

 

Redação O POVO Online

TAGS