PUBLICIDADE
Notícias

Claro, Oi e Vivo se preparam para comprar a TIM

O valor ainda não está fechado, mas pode chegar a R$ 31,5 bilhões, o maior negócio desse setor no país

12:29 | 31/10/2014
NULL
NULL

A segunda maior empresa do mercado brasileiro, a TIM Brasil, está prestes a ser repartida em três em uma negociação de compra fechada pelas operadoras Claro, Vivo e Oi, com o banco BTG Pactual.

De acordo com informações do portal Folha de S. Paulo, o valor ainda não está fechado, mas pode chegar a R$ 31,5 bilhões, o maior negócio desse setor no país. Além do valor total da negociação, haverá ainda um prêmio de 5% pago aos acionistas, incluindo os minoritários.

A oferta será aberta aos acionistas da Telecom Itália, dona da TIM Brasil, que devem decidir em assembleia. O que acontecerá com os clientes da operadora também ainda não foi definido.

Antes da proposta ser entregue, a negociação da Oi, de venda da Portugal Telecom (PT) deve ser fechada. Com essa transação, que vai custar cerca de R$ 22 bilhões, a Oi reduzirá seu endividamento para bancar a parte na oferta da TIM.

Ainda de acordo com o jornal, a Telecom Italia disse ao banco BTG Pactual que a TIM Brasil não está à venda, e propôs uma fusão com a Oi, contando que assumisse o comando da nova empresa. Já para o BTG, só seria negociável a compra da TIM Brasil.

Mesmo negando a venda da TIM, o presidente da Telecom Italia, Marco Patuano, afirmou que tudo dependia do “valor do cheque”.

Se a TIM Brasil for fatiada entre as demais operadoras, caberá à Anatel definir como ocorrerá a divisão dos clientes, e, por exemplo, se serão mantidas as mesmas condições de plano do cliente TIM.

Redação O POVO Online

TAGS