PUBLICIDADE
Notícias

Empresa de cigarros é condenada a pagar meio milhão de reais a ex-funcionário

20:45 | 27/03/2014
A empresa Souza Cruz foi condenada a pagar R$ 500 mil ao ex-funcionário Marcos Ribeiro da Costa. Segundo o Tribunal Superior do Trabalho (TST), Marcos trabalhou por dez anos no "painel de avaliação sensorial" testando os produtos que eram fabricados.

o ex-funcionário costumava fumar cerca de 200 cigarros por dia quatro vezes por semana. Em razão da atividade, Marcos adquiriu pneumotórax e trata de um câncer no duodeno atualmente.

Condenada, a empresa informou que pode recorrer da decisão. Disse ainda que as pessoas que fazem parte do painel de avaliação sensorial são profissionais maiores de 18 anos e que já são fumantes. Segundo a Souza Cruz, não há adicionais pela participação na atividade.

Redação O POVO Online

TAGS