PUBLICIDADE
Notícias

Justiça do Rio determina que Facebook forneça dados de usuário

O juiz Leonardo Cajueiro d´Azevedo determinou que a rede social forneça os dados cadastrais de um perfil falso criado para ofender um funcionário da Justiça Eleitoral

10:13 | 27/02/2014
NULL
NULL

Uma decisão do Tribunal de Justiça do Rio, determinou que o Facebook forneça as informações de um usuário que criou um perfil anônimo, na rede social, para postar mensagens ofensivas contra Rafael Maciel, servidor da Justiça Eleitoral no Município de São Fidélis.

De acordo com o site da Folha, o juiz Leonardo Cajueiro d´Azevedo determinou que a rede social forneça os dados cadastrais do titular da conexão.

Perfil "fake"

Em 2012 o usuário deste perfil acusou o funcionário da Justiça Eleitoral de favorecer a um candidato na eleição municipal. "As pessoas têm de entender que a internet não é um mundo sem lei", disse o advogado da vítima.

O Facebook sai derrotado de mais uma batalha judicial. A assessoria de comunicação da rede social não comentou o caso.

Redação O POVO Online

TAGS