PUBLICIDADE
Notícias

Uruguai oferece tecidos e membrana amniótica ao Brasil após tragédia

Os tecidos e a membrana amniótica são utilizados como curativos biológicos que ajudam a melhorar o processo natural de recuperação da pele

16:50 | 28/01/2013

MONTEVIDEU, 28 Jan 2013 (AFP) - O Ministério de Saúde Pública do Uruguai prepara o envio de tecidos e membrana amniótica ao Brasil para reforçar a ajuda aos feridos no incêndio na boate Kiss, em Santa Maria, informou nesta segunda-feira a instituição.

Segundo o comunicado do ministério, "desde a noite de domingo, técnicos dos Institutos de Órgãos e Transplantes da região estão trabalhando na rede do Mercosul".

Atualmente, o Uruguai ocupa a presidência temporária do grupo de Saúde do Mercosul, integrado por Argentina, Brasil, Uruguai, Venezuela e Paraguai, que está suspenso.

"Colaboraremos com a saúde nas áreas que (o Ministério da Saúde do Brasil) considerar apropriadas", afirmou ao noticiário do Canal 10 o ministro uruguaio da Saúde, Jorge Venegas.

Os tecidos e a membrana amniótica são utilizados como curativos biológicos que ajudam a melhorar o processo natural de recuperação da pele.

O Uruguai também colocou à disposição do Brasil uma equipe de médicos especializados.

O Brasil enterrou nesta segunda-feira, 28, os primeiros mortos do incêndio que matou 231 pessoas em uma discoteca no sul do país. Cerca de 130 pessoas continuavam hospitalizadas, 80 delas em estado grave.

AFP

TAGS