PUBLICIDADE
Notícias

Professora 'Irmã Zuleide' estaria sofrendo bullying e passando por problemas psiquiátricos

De acordo com a delegada Edna Pacheco, a professora está passando por tratamento psiquiátrico, além de sofrer bullying em sua cidade

10:19 | 30/01/2013
REPRODUÇÃO/FACEBOOK
REPRODUÇÃO/FACEBOOK

A mulher, dona da imagem, que inspirou a criação do perfil "Irmã Zuleide", estaria sofrendo bullying e passando por tratamento psiquiátrico. A página que virou fenômeno nas redes sociais, com mais de 2,1 milhões de seguidores é moderada pelo DJ Álvaro Oliveira Rodrigues, de 30 anos. Álvaro foi preso durante a madrugada do último domingo, 27, em Santos, no litoral de São Paulo.

Segundo a polícia, a professora que teve sua foto veiculada á página, foi a responsável pela denúncia que obrigou o DJ a esclarecer o uso de sua imagem. Ele responderá por injúria, constrangimento e difamação.

Edna Pacheco Fernandez Garcia é a delegada responsável pela prisão de Álvaro, que foi liberto depois de assinar um termo circunstanciado. De acordo com a delegada, a professora de Campinas sofre bullying desde a criação da página. “Ela não podia fazer mais nada na cidade onde mora, e ela é professora da educação infantil. Isso estava prejudicando ela no serviço”, explica Edna.

Ainda segundo a delegada, o perfil "Irmã Zuleide" descreve, na visão do DJ" o dia a dia de um evangélico. Em contrapartida, a professora é evangélica e leciona para crianças em uma escola evangélica. Após a divulgação de sua foto sem permissão, ela estaria sofrendo com problemas psiquiátricos e psicológicos.

A professora deve voltar para a cidade e prestar novos depoimentos. “Na realidade, por conta desses tratamentos psiquiátricos dela, o advogado ficou de voltar entre essa semana e a semana que vem”, explicou Edna.

[FOTO2]

 

 

 

 

 

 

 

Redação O POVO Online

TAGS