PUBLICIDADE
Notícias

Após tragédia em boate, governo do Rio Grande do Sul pede que comunidade se mobilize para doação de sangue

As doações podem ser realizadas em qualquer unidade da rede de hemocentros públicos do Rio Grande do Sul

09:25 | 28/01/2013

Em razão da tragédia ocorrida em Santa Maria (RS), a Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul pede que a comunidade se mobilize para doar sangue nas próximas semanas.

“Apesar de o estoque ter sido suficiente para atender, até o momento, os casos de pacientes internados em Santa Maria e em Porto Alegre, o governo do estado pede o apoio da população para a reposição do material”, informou o órgão.

No último domingo,27, o Hemocentro de Santa Maria funcionou extraordinariamente e atendeu mais de 200 voluntários que foram doar sangue. A média de atendimentos no local, de acordo com a secretaria de Saúde, é 75 doações por dia. Houve ainda casos de pessoas que foram agendadas para retornar durante a semana, já que a validade de alguns componentes sanguíneos coletados é de apenas cinco dias.

As doações podem ser realizadas em qualquer unidade da rede de hemocentros públicos do Rio Grande do Sul. As condições básicas para doar sangue incluem boas condições de saúde, portar documento oficial de identidade com foto e ter idade entre 16 e 68 anos incompletos. Menores de 18 anos precisam de autorização de pais ou responsáveis legais.

 

ABR

TAGS