PUBLICIDADE
Notícias

PMs aceitam propostas e não entram em greve no ES

09:15 | 16/02/2012
Os policiais e bombeiros militares do Espírito Santo decidiram na tarde da quarta-feira, 15, durante assembleia, aceitar as propostas do governo e não entrar em greve. Apesar de a categoria aceitar as propostas apresentadas pelo governo do Estado, uma nova assembleia para decidir sobre uma possível paralisação foi marcada para o próximo dia 28 de março.

Segundo a Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar do Estado do Espírito Santo, as propostas do governo do Estado para a categoria são análise da projeção de estrutura das carreiras, com previsão de conclusão no mês de junho de 2012, que resultará em porcentual a ser definido nas tabelas de subsídio e do soldo; revisão do Quadro Organizacional da PM e do Corpo de Bombeiros a ser apresentada no aniversário da instituição no dia 6 de abril; promoção do soldado a cabo com 15 anos de serviço.

Os policiais concordaram com todos os itens, mas decidiram, em votação, dar um prazo até o dia 28 de março para que o governo do Estado anuncie os índices de reajuste na tabela de subsídios e soldos. A categoria pediu um aumento de 46% no subsídios, dividido em três anos.
Agência Estado

TAGS