PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Entregadores protestam em frente a condomínio de agressor de Matheus Pires, em São Paulo

O ato durou aproximadamente 30 minutos e não foi acompanhado por forças de segurança

Carlos Holanda
17:38 | 08/08/2020
Motoboy é vítima de racismo por morador de condomínio de São Paulo (Foto: REPRODUÇÃO DE VÍDEO)
Motoboy é vítima de racismo por morador de condomínio de São Paulo (Foto: REPRODUÇÃO DE VÍDEO)

Cerca de 100 trabalhadores de aplicativos de entrega protestaram com buzinaço em frente ao condomínio em que o entregador Matheus Pires foi alvo de declarações e gestos racistas de um morador.

O caso aconteceu em Valinhos, São Paulo. O ato ocorreu neste sábado, 8, após o vídeo com o crime viralizar. As informações são dos portais Uol e G1.

Confira vídeo:

A manifestação durou aproximadamente 30 minutos, sem acompanhamento da Polícia Militar ou Guarda Municipal. Um dos entregadores, Guilherme Volpe disse ao G1 que a proposta foi mostrar que a categoria não é o "todo mundo fala", destacando que o que se procura é igualdade e respeito.

Depois de o caso ter vindo à tona, Matheus Pires passou a somar 1,6 milhão de seguidores no Instagram. Na descrição do próprio perfil online, ele expõe inclusive o e-mail do que seria a sua assessoria.

Em um site de vaquinha online também divulgado na rede social para "dar a volta por cima e se manter nessa pandemia", ele arrecadou R$ 127,7 mil até as 17h20min deste sábado, 8.