PUBLICIDADE
Noticia

Colégio Militar do Corpo de Bombeiros exibe passagem de Mercúrio sobre o Sol

Foi montada na CMCB a estrutura de um telescópio com filtro conectado a uma câmera, para capturar e reproduzir a imagem no telão, já com a ampliação necessária para que os presentes pudessem visualizar o trânsito do planeta

14:26 | 11/11/2019
Alunos do colégio dos bombeiros observam a passagem de Mercúrio pela Terra
Alunos do colégio dos bombeiros observam a passagem de Mercúrio pela Terra (Foto: FÁBIO LIMA)

A partir de estrutura montada com um telescópio, estudantes do Colégio Militar do Corpo de Bombeiros (CMCB), em parceria com o Clube de Astronomia de Fortaleza, projetaram imagem do trânsito de Mercúrio em observatório aberto ao público, na manhã desta segunda-feira, 11. O fenômeno celeste teve início às 9h35min (horário de Brasília), com o aparecimento de Mercúrio diante do Sol, continuando até às 15h04min, com o fim do alinhamento visual do planeta com o astro.

De acordo com o o primeiro-tenente Romário Fernandes, mesmo com a utilização de equipamentos que ofereçam segurança ao olhar diretamente para o Sol, o planeta não pode ser visto a olho nu. “Mercúrio é muito pequeno, então, além do filtro você precisa de um sistema de aumento de imagem, que é o que a gente oferece aqui no Colégio”, destaca Fernandes.

Na CMCB foi montada a estrutura de um telescópio com filtro conectado a uma câmera, para capturar e reproduzir a imagem no telão, já com a ampliação necessária para que os presentes pudessem visualizar o trânsito do planeta. Segundo o tenente, para evitar riscos como a fuga do filtro, que pode permitir a passagem direta da luz pela lente do telescópio, optou-se pela projeção da imagem para garantir segurança e conforto aos visitantes.

FORTALEZA, CE, BRASIL,11.11.19: Alunos do colégio dos bombeiros observam a passagem de Mercúrio entre a Terra e o Sol.  (Fotos: Fabio Lima/O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL,11.11.19: Alunos do colégio dos bombeiros observam a passagem de Mercúrio entre a Terra e o Sol. (Fotos: Fabio Lima/O POVO) (Foto: FÁBIO LIMA/O POVO)

Todo o processo de montagem da estrutura da exibição pública teve a participação de alunos do Colégio. O estudante Carlos Levi Figueiredo, do 9º ano, acompanha os eventos astronômicos desde 2017, quando a disciplina de astronomia entrou para a grade curricular da escola. “Temos eventos astronômicos como esse todo ano; e é muito legal poder proporcionar observações para as pessoas que não tem acesso ao telescópio em casa, porque aqui todo mundo pode ver”, comenta Carlos Levi, que já foi premiado com duas medalhas de ouro e uma prata na Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA).

A exibição do trânsito de Mercúrio é o terceiro observatório promovido pelo Colégio Militar do Corpo de Bombeiros. Em todos, os alunos se dispuseram a explicar e tirar dúvidas dos visitantes acerca dos fenômenos. “A gente sempre espera, com o projeto aqui da escola, levar a ciência para outras pessoas, para elas entenderem os processos celestes que acontecem”, afirma a estudante Isabele Estrela Alves, também do 9º ano. Para a estudante, que já foi três vezes medalha de ouro na OBA, a astronomia é muito mais do que pontos no céu. “Com a astronomia a gente aprende toda a formação do que vemos no céu, a gente entende a beleza e a ciência por trás daquilo”, diz a jovem.