PUBLICIDADE
Noticia

Estudantes cearenses são medalha de ouro na primeira edição da olimpíada Sapientia

A olimpíada é uma iniciativa do Instituto Vertere com o apoio da Companhia das Letras

Ismia Kariny
16:53 | 01/11/2019
Equipe S.I.T.A. do Colégio Objetivo, composta pelos alunos Mateus Dumont, Ana Caroline Ribeiro, Pedro Gomes, Raul Ribeiro e Antonio Sales
Equipe S.I.T.A. do Colégio Objetivo, composta pelos alunos Mateus Dumont, Ana Caroline Ribeiro, Pedro Gomes, Raul Ribeiro e Antonio Sales (Foto: Divulgação)

Os cearenses Yan Benevinuto e Mateus Dumont foram premiados com medalha de ouro na primeira edição do Sapientia - Olimpíada do Futuro. Os participantes foram desafiados pela Sapientia a desenvolver uma solução concreta e praticável para problemas do século 21, tendo como base um dos 17 objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

Liderada pelo estudante Mateus Dumont, do Colégio Objetivo, de Juazeiro do Norte, a equipe S.I.T.A. (Sistema Inteligente de Tratamento de Água) investiu na ideia do tratamento de água usando filtros de baixo custo, feitos com poliamida e resíduo de pedra Cariri - material típico do semiárido cearense.

Segundo Mateus, os aparelhos de filtragem podem servir às comunidades rurais como um meio para diminuir os custos relacionados à compra e ao tratamento da água. “Pensamos desde o início nessa questão dos recursos hídricos com a parte regionalista. E o sistema que propomos pode ser útil a essas comunidades, pois elas são as mais prejudicadas pelo período da estiagem”, explica o jovem.

Integrantes da equipe CardTive, do Colégio Ari de Sá – Yan Benevinuto, Davi Pereira, Lucas Borges, Marcus Vinícius e Hugo Rafael
Integrantes da equipe CardTive, do Colégio Ari de Sá – Yan Benevinuto, Davi Pereira, Lucas Borges, Marcus Vinícius e Hugo Rafael (Foto: Divulgação)

Já a solução apresentada pelos estudantes do Colégio Ari de Sá, de Fortaleza, teve como base o quarto ODS, que trata da educação de qualidade. A equipe CardTive (junção das palavras papelão e educativo, em inglês) se atentou para dois problemas: o grande desperdício de lixo e a falta de acesso aos laboratórios de ciência no Brasil.

De acordo com o líder da CardTive, Yan Benevinuto, por perceberem a falta de interesse dos alunos nas disciplinas de ciências, a equipe propôs a distribuição de kits experimentais feitos com materiais recicláveis para as escolas, com o objetivo de educar estudantes sobre a importância do descarte adequado e da reciclagem de lixo. “Os alunos não veem muito sentido nas disciplinas que estão estudando, como se fosse algo muito abstrato, e a nossa proposta é oferecer serviço e acompanhar esses alunos”, diz o estudante.

Sapientia - Olimpíada do Futuro

A olimpíada é uma iniciativa do Instituto Vertere com o apoio da Companhia das Letras, e está na terceira fase da sua primeira edição. Com a participação de estudantes e não-estudantes (participantes da categoria aberta não elegível às fases dois e três), a Sapientia teve mais de três mil inscritos, em 24 estados diferentes. A primeira fase da olimpíada foi composta por prova de questão de múltipla escolha. Enquanto na segunda fase, os estudantes tiveram que escrever prova discursiva baseada nos 17 objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU.

Durante a terceira fase, com um total de 21 equipes, os líderes tiveram acesso a um programa de mentoria para aprimorar os projetos. Nessa etapa, foram contemplados um vídeo, para apresentar as propostas, e uma apresentação da ideia de forma assertiva, com objetivo de conquistar investidores.

Dos 21 grupos, seis foram selecionados para participar do evento de encerramento em São Paulo, no dia 16 de novembro, quando serão anunciados os campeões. Entre os seis melhores colocados, cinco são da Região Nordeste e um da Região Sul. “A representatividade regional e a diversidade nos deixa muito contentes, demonstrando a relevância de trabalhar temas atuais e conectar a educação com a realidade dos alunos em sua relação com o mundo”, comenta Gustavo Wigman, presidente do Instituto Vertere e membro da comissão da Sapientia.