PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

De corpo vermelho-terra

| LANÇAMENTO | Ígor Caracas lança nesta sexta-feira, 24, nas plataformas digitais, o single de Alheia. A canção integra o disco solo do cearense, Cada Passo, previsto para o dia 14 de junho

22/05/2019 00:06:40
Single
Single "Alheia" (Foto: Igor Caracas/ Divulgação)

Com tempero salgado de mar, Ígor Caracas banha-se de uma memória que passa, sobretudo, pelo viés do afeto. "Para mim, ser de Fortaleza é ser do mar. Andar sabendo onde ele está. Cresci me banhando nas praias do Ceará e isso me é muito valioso. Trago comigo esta energia onde quer que eu vá", resgata o músico, já há sete anos vivendo em São Paulo. Cantor, compositor, percussionista, multi-instrumentista, produtor musical e educador, Ígor Caracas, 30, foi buscar justamente no calor da praia e nos pés fincados na areia vermelha os elementos para a elaboração de Alheia.

Single em parceria com a cantora e compositora Maria Ó (SP), Alheia - que ainda resulta num videoclipe - será lançado nesta sexta-feira, 24, nas plataformas digitais, sendo o carro-chefe do disco de estreia do músico, batizado de Cada Passo e previsto para ser lançado no dia 14 de junho. "Quando pensei em fazer um clipe de Alheia, senti que tinha que ser na Praia da Peroba, em Icapuí. Minha praia predileta no mundo, para onde vou desde os dez anos de idade e onde vivi momentos importantes da vida", revela. A produção foi feita a varias mãos, contando com as presenças de Clara Capelo, Themis Memória, Tuan Fernandes e Ana Francelino.

"Clara Capelo e Themis Memória dirigiram o clipe comigo, além disso a Clara fez a fotografia e a Themis, o figurino. Ambas têm também forte relação com a Praia da Peroba, aquela praia de pedras vermelhas com aura de portal para outras estâncias do universo", destaca. Para Ígor Caracas, a canção escolhida dá um panorama do que será o trabalho como um todo. "Alheia sintetiza bem alguns pontos importantes do disco e das canções, como a natureza e os encontros, e a natureza dos encontros", elabora. "Várias músicas do disco têm alguma relação com o que é natural - o mar, o rio, as plantas, as pessoas", complementa o artista.

Para protagonizar o clipe, Ígor Caracas deparou-se com Maria Epinefrina. "Themis sugeriu uma dança e me apresentou o trabalho dela, uma bailarina de expressão autêntica e forte, com movimentos de muita personalidade e também de Fortaleza. Vi uns vídeos dela em sua pesquisa de movimentos, experimentando 'derreter' descendo escadas e bancos. Imaginei logo isso nas falésias da Peroba e pirei!", confessa Ígor. Da bailarina, o retorno foi imediato: "Me senti muito feliz porque estava sendo chamada para um trabalho que iria carregar consigo eu todinha, minha corporeidade dançante, minha pesquisa enquanto movimento. Ser procurada pelo seu trabalho é muito legal!", comemorou a intérprete na ocasião.

Em relação a Cada Passo, o músico dá a dimensão exata do título: "Eu sempre encarei a vida como uma caminhada. Vamos andando, conhecendo o mundo, encontrando pessoas, vivendo situações que muito nos ensinam - algumas nos fazem andar mais tranquilos e fortes, outras nos paralisam e enfraquecem. Estamos sempre caminhando, ora sós, ora acompanhados. Mas o fato é que 'cada passo requer atenção, movimento, ação, a tração para deslocar', como diz a letra de Cada Passo, música que abre o disco. E ele tem essa visão: as músicas falam da vida - o caminho em si, o indivíduo que caminha, os passos, os encontros interpessoais promovidos pelo ato de se movimentar e o ambiente cenário disso tudo". Reunindo dez faixas, o disco se completa com as participações de Maria Beraldo, Ricardo Dias Gomes, Régis Damasceno e da argentina radicada em Barcelona, Ana Rossi.

Atualmente, Ígor Caracas acompanha artistas e bandas como Lulina, Tika e Kika, Laura Lavieri, Maria Ó, Magnólia Orquestra, Luiza Brina, Mãe Ana, Oto Gris (banda de Fortaleza também radicada em São Paulo) e La Cumbia Negra, além dos espetáculos infantis Catopleia e Planeta Oca. Também assina a produção dos novos trabalhos de Lorena Nunes (La Mar, ao lado de Cláudio Mendes) e Bruno Rafael (Mar é uma Coisa Aberta, com Guilherme Mendonça).

Já Cada Passo conta com a produção conjunta de Ígor Caracas e Gabriel Bubu (Do Amor, Los Hermanos, Tulipa Ruiz e Ava Rocha), tendo o processo sido iniciado ainda no final de 2017. "Sinto o disco como um retrato em que o obturador da câmera ficou aberto por dez anos (risos). É um tanto de tudo, a começar pelas canções. Tem música desde 2010, quando eu ainda estava em Fortaleza. Tem também um bom pedaço do que aprendi na minha atividade como músico e produtor em São Paulo, a vivência com produtores experientes, os discos que gravei aqui, as pessoas que encontrei. E também, as mil mãos que me ajudaram a realizar o disco. Gente do Ceará, de São Paulo, do Rio, Argentina. O disco foi feito a muitas mãos, resultado desses encontros generosos que São Paulo me proporcionou. Mas tem alma de andarilho cearense", ressalta o músico.

Clique na imagem para abrir a galeria

Lançamento do single/clipe Alheia, de Ígor Caracas

Quando: sexta-feira, 24

Onde: na internet, em todas as plataformas digitais

Site: www.igorcaracas.com

Instagram: @caracasigor

Teresa Monteiro